Com três gols brasucas, time de Felipão vence e fica perto do hepta na China

21/08/2017

Felipão pode conquistar seu terceiro campeonato chinês

Guangzhou supera o Shanghai Shenhua por 3x0, com dois de Muriqui e um de Ricardo Goulart, e abre 8 pontos na liderança a 7 rodadas do fim do certame.

Luiz Felipe Scolari está perto de conquistar mais um troféu na China. O Guangzhou Evergrande, equipe comandada pelo brasileiro, venceu o Shanghai Shenhua por 3 a 0, fora de casa, neste sábado, e abriu uma confortável distância de oito pontos na liderança do Campeonato Chinês, a sete rodadas do fim do torneio. O triunfo foi construído com brilho brasileiro: dois gols de Muriqui e outro de Ricardo Goulart.

Sem Paulinho - vendido para o Barcelona nesta semana -, o Guangzhou foi a campo com dois dos três brasileiros remanescentes no elenco: os atacantes Muriqui e Ricardo Goulart (Alan entrou no segundo tempo). A dupla começou a decidir a partida a favor dos visitantes no fim do primeiro tempo, quando o ex-jogador do Vasco apareceu na área para aproveitar bola escorada e completar para o gol.

Muriqui - que retornou para o futebol chinês neste mês, depois de passagem frustrada pelo Brasil - voltou a aparecer logo no começo da etapa final: Gao Lin pegou sobra na área depois de chute na trave e cruzou para o brasileiro cabecear para o gol vazio. No fim do jogo, Ricardo Goulart deixou o seu, aproveitando bom passe do compatriota Alan e chutando no canto.

- É uma felicidade enorme fazer gols com essa camisa, de um clube que sempre me abraçou, de uma torcida fanática, que tem um carinho enorme por mim. Volto a ter uma sequência, o que é muito bom e especial. Mas o que importa, mesmo, é que a equipe se portou muito bem em campo, teve o domínio da partida e leva pra casa um resultado muito importante, abrindo uma boa vantagem a sete rodadas do fim do campeonato - afirmou Muriqui.

Com o quarto triunfo consecutivo, o atual hexacampeão nacional chega a 53 pontos e deixa para trás o Shanghai SIPG, que foi derrotado pelo Guizhou Zhicheng po 2 a 1. Caso mantenha a distância para o rival, o Guangzhou Evergrande pode ser campeão com duas rodadas de antecedência. Seria o terceiro título do Campeonato Chinês de Felipão, que chegou ao clube em 2015 e também levou uma Liga dos Campeões da Ásia, uma Copa e duas Supercopas da China.

Segue a matéria completa:

http://gazetaweb.globo.com/portal/noticia/2017/08/_38926.php

Fonte: Gazetaweb.com